Tutorial para iniciar com o Git e o GitHub

Aprenda a trabalhar com Git e github, artigo introdutório bastante prático e que promete reduzir a curva de aprendizado da ferramenta.

Esta é uma introdução prática ao Git e GitHub, indicado para quem está dando os primeiros passos com o Git. Neste artigo nós veremos como:

Antes de tudo, é preciso saber que Git não é GitHub.

Git é um sistema distribuído de controle de versão de código.

GitHub é o local onde você hospeda o seu Git na web.

Git e GitHub são coisas distintas

Você não está preso ao GitHub, existe uma infinidade de outros "hospedeiros", alguns pagos outros gratuitos. O GitHub é gratuíto para projetos abertos e pago para projetos privados.

Antes de iniciar com o Git, seria bom se você entendesse o conceito de versionamento de código, mas talvez você esteja justamente experimentando o Git para poder entender o que é versionamento, então vamos lá...

Criando um repositório local

Antes de criar o repositório você deve criar um pasta para ele, obviamente.

Para criar uma nova pasta no Linux executamos mkdir nome-da-pasta.

Você entra nela, ou melhor, vai até ela cd nome-da-pasta.

Agora é só criar o repositório

git init

Para testar, pergunte ao Git sobre o status do repositório git status.

O resultado deve ser parecido com isto...

# On branch master
#
# Initial commit
#
nothing to commit (create/copy files and use "git add" to track)

"Nada para comitar"... bom, então vamos inserir um arquivo e "comitar".

Adicionado e comitando

Considerando que você já criou o seu repositório Git e está na pasta do repositório.

Você deve criar um arquivo qualquer, utilize seu editor de texto ou então utilize o comando seguinte.

touch readme.md

O comando touch é um utilitário do Linux.

Antes de comitar, devemos adicionar, a sequência é sempre esta:

Veja os comandos:

git add readme.md
git commit -m "my first commit"

Criando um repositório no GitHub

Primeiro, crie um conta no GitHub.

Utilize um nome de guerra que transmita seriedade, ele será visto por todos, inclusive seu futuro empregador.

Agora procure o ícone com um sinal de mais (+) chamado "Create new...".

Defina um nome para seu novo repositório.

Por enquanto, ignore as outras opções. Depois, com calma, você mesmo aprenderá sobre elas.

Como seu repositório está vazio, o GitHub lhe dará algumas dicas, sua tela deve parecer-se com esta:

Imagem ilustrando a criação de um novo repositório no GitHub

Apenas anote a URL exibida no campo HTTP, vamos precisar dela daqui a pouco.

Agora, temos um repositório no GitHub e um localmente, então vamos conectá-los.

Conectando o repositório local com o da web

O seu QG (quartel general) é o seu repositório local. A partir dele, você enviará ou receberá informações do repositório na web (no GitHub).

Para "conectar" os repositórios executamos o comando abaixo.

git remote add origin https://github.com/flaviomicheletti/github-foo.git

Onde origin signifca um apelido para seu repositório, poderia ser qualquer outro nome.

E no lugar da minha URL você deve utilizar a sua URL, eu avisei que precisaríamos dela!

Para testar, execute git remote -v, sua tela deve ser parecida com a seguinte:

origin  https://github.com/flaviomicheletti/github-foo.git (fetch)
origin  https://github.com/flaviomicheletti/github-foo.git (push)

Sincronizando os repositórios

Você já criou um repositório local e outro no GitHub.

Já adicionou alguns arquivos e "comitou" algumas modificações (localmente).

O seu repositório local já está conectado com o da web (possui uma referência para ele).

Agora só falta enviar as informações do repositório local para o repositório na web (no GitHub):

git push origin master

Lembrando que origin é o apelido para seu repositório na web e master é o seu branch principal.

Se você acabou de instalar o Git, talvez tenha se esquecido das configurações globais.

Configure seu email e nome que serão exibidos em cada commit.

git config --global user.name "Seu nome para exibição"
git config --global user.email "seu-email@email.com"

Você deve configurar antes de realizar o push.

Fechando a conta

Se tudo deu certo, acesse novamente (ou atualize) a página de seu repositório, você deve estar vendo algo parecido com a figura abaixo.

Imagem ilustrando um repositório no GitHub

Este repositório existe de verdade!

Eu criei ele para você poder treinar, bagunçar, testar, brincar, fazer o que você quiser com ele, sem a preocupação de acertar.

Só não pode não fazer nada, então vamos praticar....

Faça um fork do projeto, crie um arquivo de texto qualquer com alguma mensagem tipo "oi, me chamo... e passei por aqui" e envie através de um pull request.

Comentários

comments powered by Disqus