O objeto window e o espaço global em Javascript!

O objeto 'window' é o principal objeto de JavaScript, é nele onde as coisas começam... principalmente a 'poluição do espaço global'

O objeto window é o principal objeto de JavaScript, é nele onde as coisas começam... principalmente a "poluição do espaço global"

Mas para entender esse negócio de espaço global precisamos entender tanto o objeto global como o objeto window.

Este artigo é 90% baseado no livro "JavaScript: O guia definitivo" de David Flanegan. Os 10% de minha contribuição são (além dessas palavras introdutórias) o trabalho de compilar o assunto (que está todo fragmentado no livro, obviamente, pois trata-se de um guia) e o exemplo final de como poluir o espaço global.

Obrigado David Flanagan!!!

O objeto global

O objeto global é um objeto normal de Javascript que tem um objetivo muito importante: as propriedades desse objeto são os símbolos definidos globalmente que estão disponíveis para um programa Javascript. Quando o interpretador Javascript começa (ou quando um navegador Web carrega uma nova página), ele cria um novo objeto global e dá a ele um conjunto inicial de propriedades que define:

O objeto global é um objeto predefinido que serve como espaço reservado para as propriedades e funções globais de Javascript. Todos os outros objetos, funções e propriedades são acessíveis por intermédio do objeto global. O objeto global não é uma propriedade de nenhum outro objeto; portanto, não tem nome. O título desta referência foi escolhido simplesmente por conveniência organizacional e não indica que o objeto se chama "Global". Em código Javascript de nível superior, você pode se referir ao objeto global com a palavra-chave this.

O objeto global é simplesmente um objeto e não uma classe. Não existe uma construtora Global() e não há como instanciar um novo objeto global.

Quando o Javascript é incorporada em um ambiente específico, o objeto global normalmente recebe propriedades adicionais especiais desse ambiente. Na verdade, o tipo do objeto global não é especificado pelo padrão ECMAScript e...

Em Javascript do lado do cliente, o objeto global é um objeto window e representa a janela do navegador Web dentro da qual o código Javascript está sendo executado.

Fonte: David Flanagan em seu livro "JavaScript: O guia definitivo"

O objeto window

O objeto Window é o principal ponto de entrada para todos os recursos e APIs de Javascript do lado do cliente. Ele representa uma janela ou quadro de navegador Web e pode ser referenciado através do identificador window. Em Javascript do lado do cliente, o objeto Window também é o objeto Global. Isso significa que o objeto Window está no topo do encadeamento de escopo e que suas propriedades e métodos são efetivamente variáveis globais e funções globais.

O objeto Window representa uma janela, guia ou quadro do navegador.

Fonte: David Flanagan em seu livro "JavaScript: O guia definitivo"

Figura window object

Fonte da imagem

O objeto window referencia propriedades impportantes, tal como document que representa o conteúdo (documento) exibido na tela. Referencia a propriedade location que se refere ao objeto Location especificando o URL atualmente exibido na janela e permite que um script carregue um novo URL na janela (redirecionamentos). (Flanagan)

O objeto window também referencia outro objeto muito utilizado que é o screen, com ele podemos acessar propriedades com informações sobre a tela:

O objeto window possui o handler onload, um dos mais importantes mecanismo de tratamento de evento. Ele é disparado quando o conteúdo do documento exibido na janela está estável e pronto para ser manipulado. (Flanagan)

window.onload = function() {
    //código executado após carregamento da página
}

Poluindo o espaço global (no caso o window)

Há diversas formas de poluir o espaço global: utilzar variáveis sem a palavra var, criar funções sem utilizar-se de um "objeto container" e etc..

Para entender melhor o que é poluir o espaço global, olhe para o código abaixo:

// Criamos uma variável gobal
suasVariaveis = 123;

// Agora ela faz parte do objeto window e
// está poluindo o escopo global(window)
console.log(window.suasVariaveis); // 123

Por isso que vários autores de Javascript pregam a utilização de um "objeto container", exemplo:

// Criando o objeto
objContainer = {}

// Ele também polui o espaço global...
console.log(window.objContainer); // Object { }

// ...mas sua variáveis (propriedades) não poluem,
// pois estão contidas dentro do objeto
objContainer.outraVariavel = 456;

// Prova:
console.log(window.outraVariavel); // undefined
console.log(window.objContainer.outraVariavel); // 456

Comentários

comments powered by Disqus