Instalando o Twig

Você poderá instalar o template engine através do composer, neste caso, você deverá ter o composer devidamente instalado em sua máquina.

Imaginado que você possui o composer instalado, vamos instalar o Twig através do composer. Crie um pasta qualquer em seu documentroot, eu estou utilizando o nome foo.

mkdir /var/www/foo
cd /var/www/foo

A instalação é feita através do comando abaixo.

composer require twig/twig:~2.0

O comando acima pode variar conforme a instalação do composer, por exemplo, se você fez uma instalação local o comando deve ser…

Enquanto atualizo este artigo, a versão mais atual era a 2.0, no comando abiaxo você poderá aproveitar parar especificar a versão do Twig que deseja instalar.

php ~/composer.phar require twig/twig:~2.0

No terminal do Linux você deve receber uma mensagem parecida com esta…

./composer.json has been created
Loading composer repositories with package information
Updating dependencies (including require-dev)
  - Installing twig/twig (v1.35.0)
    Downloading: 100%

Writing lock file
Generating autoload files

Hello World com Twig

Na pasta foo crie a pasta templates/ e tamém o arquivo index.php com o conteúdo abaixo.

<?php

require "../vendor/autoload.php";

$loader = new Twig_Loader_Filesystem('./templates');

$twig   = new Twig_Environment($loader);

echo $twig->render('index.html', array('name' => 'Fabien'));

Deixe eu fazer uma breve explicação de cada linha…

Se você instalou o Twig corretamente então, precisaremos fazer referência a “lib” (libary, biblioteca).

require "../vendor/autoload.php";

O “Loader Filessytem” irá determinar onde estão nossos templates, para tanto será preciso criar a pasta templates/, caso ainda não tenha criado.

$loader = new Twig_Loader_Filesystem('./templates');

Na sequencia precisaremos recuperar o ambiente (environment) passando o “loader” como parâmetro.

$twig   = new Twig_Environment($loader);

Com o ambiente “em mãos” poderemos renderizar o template que quizermos, é exatamtne o que estamos fazendo nesta linha….

echo $twig->render('index.html', array('name' => 'Fabien'));

Executamos $twig->render(), o primeiro parâmetro é o local/nome do template, o segundo parâmetro é um array de variáveis que delegamos para o template. Em nosso exemplo, teremos disponível no template a variável name com que contém o nome ``Fabien` (o criador do Twig).

Conseguiu acompanhar?

Certo, então para testar você terá que abrir seu navegador e apontar para o arquivo index.php.

Exercícios

  1. Sim claro, instale o Twig e
  2. Faça o hello world funcionar

Comentários

comments powered by Disqus