Simples exemplo de TDD O dobro de um número qualquer (funções)

Exemplo básico de TDD onde iremos desenvolver uma função para calcular o dobro de um número qualquer.

Este é o segundo exercício de TDD, seria bom se você já tivesse lido o exemplo anterior.

Neste exercício iremos desenvolver uma função para calcular o dobro de um número qualquer.

Utilizando-se funções, os nossos exemplos começam a fazer mais sentido, pois o teste unitário refere-se a uma unidade (como o nome sugere) e essa unidade é a nossa função.

Vamos dar uma olhada no código anterior.

# Um número arbitrário
num   = 5

# Seu código
dobro = 2 * num

# Seu teste
assert 10 == dobro

A primeira pergunta é o código acima funciona? Não, não olhe para o código, execute e veja se o teste falha. Se não falharem, então seu código funciona.

Teste unitários nos dá uma segurança em relação ao código, concorda?

Agora sim, se olhar para o código, verá que ele não faz nada de mais, é pouco útil. O próximo passo seria arrastar a parte lógica para dentro de uma função. Uma função nada mais é que "código para depois".

Vamos alterar o código! Não, não, não... não devemos alterar o código se não tivermos um teste falhando.

Então vamos reescrever o teste, que tal...

assert 10 == dobro(num)

Ele vai dar um erro estranho TypeError: 'int' object is not callable, é porque estamos atibuindo um valor numérico para variável dobro e depois estamos evocado-a como uma função. Então vamos comentar a linha de atribuição.

# Seu código
# dobro = 2 * num

Se executarmos neste instante, veremos o script reclamar que dobro() não foi definida.

Então vamos defini-la. Criamos a função vazia, sem nada, só o corpo dela.

def dobro(num):
    pass

Agora o programa não passa no teste. Lembre-se: teste falhando sinal de progresso.

A solução é bem simples, mas vamos aproveitar para entender melhor esse tal de TDD?

O TDD diz que devemos saber dar passos pequenos. Não quer dizer que devemos dar passos pequenos sempre, mas quando a solução está obscura é bom poder (e saber) dar passos pequenos.

É o que vamos fazer agora, ao invés de "jogar" o resultado (que é bem óbvio) vamos dar passos pequenos.

Então me responda, qual é o menor passo para ver o teste passar?

O teste espera um 10, essa é a resposta.

def dobro(num):
    return 10

Agora os testes passam, mas precisamos retirar essa redundância (temos dois 10's, um no teste e outro no código), então escrevemos:

def dobro(num):
    return 10 * 2

Os testes passam? Sim? Ótimo.

Agora o resultado ficou mais que óbvio, trocaremos o número 10 pela variável num.

def dobro(num):
    return num * 2

Execute os testes, eles passaram?

Código completo

# -*- coding: utf-8 -*-

#
# Um número arbitrário
#
num = 5

#
# Seu código
#
def dobro(num):
    return num * 2

#
# Seu teste
#
assert 10 == dobro(5)

O que aprendemos com o TDD?

  1. Não é preciso pensar tanto na codificação, mas sim trabalhar em um processo de tentativa e erro.

  2. Que podemos, quando nos sentirmos inseguros, dar passos pequeninos em direção ao resultado esperado.

  3. Não mexa no código sem antes ter um teste falhando (ele é seu guia).

  4. Um teste falhando é sinal de progresso.

Próximo exemplo de TDD...

Simples exemplo de TDD - O dobro de um número qualquer (OOP)

Comentários

comments powered by Disqus